Candidato a reeleição em Conceição do Mato Dentro, Reinaldo Guimarães (PMDB), garante: “Não sou um político corrupto”

Reinaldinho é o atual prefeito de Conceição do Mato Dentro (Foto: Arquivo pessoal)

Por Enrico Bruno, Francisco Soares, Ícaro Carvalho, Pedro Lima, Rodrigo Antunes, Thiago Fernandes e Thiéres Rabelo

Candidato a reeleição por Conceição do Mato Dentro, no interior de Minas Gerais, Reinaldo César de Lima Guimarães (59 anos), filiado ao PMDB, se diz ciente da necessidade de modificação no cenário político do município. Conceição sofre desde 2008, com sucessivas trocas de governantes, devido a denuncias de corrupção e improbidade. “Para mim, qualquer atitude ilícita é um absurdo. Os nossos políticos têm que acabar com essa prática criminosa”, comenta o candidato.

Além dos nove meses como prefeito – era vice da prefeita Nelma Carvalho (PR), cassada por improbidade – Reinaldinho foi chefe de gabinete durante os dois mandatos de seu pai, já falecido, Juvêncio da Silva Guimarães. Juvêncio esteve à frente do município entre 1989 e 1992 e, posteriormente, entre 1997 e 2000.

Reinaldo Guimarães recebeu a reportagem em seu comitê eleitoral em Conceição. Confira, na íntegra, a entrevista exclusiva com o candidato:

Pelo seu perfil, qual característica você destacaria como importante e que o credencia a ser prefeito de Conceição do Mato Dentro?
Acredito que a minha experiência política é um aspecto importante. Mas acredito que não tenho apenas uma característica que me credencie à condição de prefeito da cidade. São várias características marcantes. Além da experiência, que considero um fator preponderante, destaco também o amor que tenho por minha terra.

Já houve denuncia de coação e compra deliberada de votos, inclusive de seus aliados em outros pleitos. Como você lida com essas questões do eleitorado?
Para mim, qualquer atitude ilícita é um absurdo. Os nossos políticos têm que acabar com essa prática criminosa. O que o Brasil está fazendo agora, com o julgamento dos envolvidos no Mensalão, é louvável, um verdadeiro exemplo para a população. O Superior Tribunal de Justiça tem dado uma demonstração ao condenar os réus deste episódio lamentável na história do país. É necessário que haja isso para que o Brasil modifique a sua situação política.

Em uma reportagem de 2011, o jornal Estado de Minas definiu Conceição do Mato Dentro como um exemplo da existência do coronelismo moderno no Brasil. O que o senhor acha sobre isso?
Não acredito que aconteça isso em Conceição do Mato Dentro. Não é à toa que hoje temos quatro candidatos à prefeitura da cidade, cada um defendendo uma bandeira que julga mais democrática para a nossa população. Isso não existe em nosso município, mas é obvio que temos resquícios de coronelismo, não só em Conceição do Mato Dentro, como em toda a política brasileira.

Conceição era a capital do ecoturismo em Minas Gerais. A chegada das mineradoras ao local, no entanto, modificou o perfil da cidade. Como você tem acompanhado, no cenário nacional, a luta pelos royalties do minério?
É algo importante. Inclusive, agora, a Dilma (Rousseff, presidente do Brasil) acabou de vetar um projeto que passou pelo Senado (que propunha um aumento da compensação financeira pela extração mineral (CFEM), os royalties do minério). Essa é a informação que eu tive. É mais do que justo que os royalties do minério sejam igualados em todo o Brasil. Mas acredito que não sejam apenas os royalties do minério, mas do petróleo também, que é muito importante.

Maria é nascida e criada em Conceição. Aqui, fez amigos, criou família e teve filhos. Quando pensa no futuro das crianças, Maria se desalenta, descrente que a cidade, tão envolvida em corrupção, possa oferecer algo de bom para ela e as crianças. O que o senhor diria a Maria para convencê-la a lhe dar o seu voto e mostrar que o senhor é, de fato, “Conceição de verdade”?
Primeiramente, gostaria de deixar bem claro que não sou um político corrupto. Segundo, como já disse anteriormente, tenho um grande amor por essa terra, para a qual sempre buscarei as melhores alternativas. Com a minha experiência no meio político, vou trabalhar por Conceição do Mato Dentro. Tenho conhecimento sobre as necessidades de todos os distritos. Por isso, me considero, dentre esses quatro candidatos, o mais preparado para ser o prefeito da cidade. Não me acho melhor do que ninguém. Porém, sou o mais preparado neste momento.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s