Eleições para a prefeitura de Belo Horizonte – análise de cobertura

Novamente o jornal carioca “O Globo” não menciona nenhum candidato à prefeitura da cidade nesta terça-feira. Seja pelo fato do estado e principalmente a cidade não ter apresentado oposição nas últimas eleições, tanto a versão impressa do periódico quanto a versão digital não faz nenhuma menção às disputas na cidade.

Já o jornal Folha de São Paulo dessa terça feira traz uma reportagem falando sobre Aécio Neves. Na matéria “Após atacar Dilma, Aécio diminui a influência de Lula”, o texto cita o ex governador de Minas dizendo que o Lulismo, com suas características messiânicas já não existe mais, mas não faz nenhuma relação com a eleição em BH, apenas citando que Aécio é um dos candidatos à presidenciáveis em 2014. A foto da matéria mostra ele nas ruas de Belo Horizonte fazendo campanha para Márcio Lacerda. No site, em notícias do dia 24, postadas às 21h07, há uma matéria falando sobre o programa de governo de Lacerda e outra falando que Anastasia, governador do Estado, finalmente apareceu na campanha de Márcio Lacerda. Na primeira, entitulada “Programa de Lacerda em BH prevê 60% dos investimentos vindos do Estado e União”, o réporter diz que Márcio Lacerda prevê gastos de mais de 6 bilhões nos próximos quatro anos, mas apenas um terço com o dinheiro da prefeitura. No programa ele não cita o governo federal ou Dilma Rousseff e afirma que o PAC agora é federal, não é mais um “favor” do governo.

Na outra reportagem, entitulada “Na reta final, governador de Minas aparece na propaganda de Lacerda”, o réporter fala sobre a participação de Anastasia no programa político do candidato do PSB.

Continuando a análise das notícias veiculadas sobre as eleições para prefeito este ano o próximo jornal a ser analisado é o Estado de Minas. Na versão impressa do jornal desta terça-feira, dia 25 de setembro, foram publicadas duas matérias a respeito dos principais candidatos a prefeito de Belo Horizonte e suas atividades nesta penúltima semana de campanha.

A primeira, chamada “Apoio de peso na reta final” afirmou que o candidato do PSB, Márcio Lacerda, contará com uma presença maior do senador Aécio Neves e do Governador Antônio Anastásia em suas duas últimas semanas de campanha. Além deles,  o ex-embaixador do Brasil em Cuba e ex-petista, Tilden Santiago (PSB) também se afirmou favorável à vitória de Lacerda.

Em relação ao panfleto que está sendo distribuído pelo partido de seu maior rival, Patrus Ananias (PT), o atual prefeito de Belo Horizonte disse que não vai “baixar o nível” e que sua campanha seguirá da mesma maneira.

Márcio Lacerda pretende, caso seja reeleito, investir em segurança e educação no trânsito, sendo uma de suas medidas a instalação de 600 câmeras de vigilância na cidade, integradas ao programa Olho Vivo. Outros projetos apresentados em seu plano de governo são: transformar o antigo Mercado Distrital de Santa Tereza em uma escola profissionalizante em parceria com o Sesi/Senai e construir um centro de referência de qualificação profissional na Avenida Santos Dumont.

A segunda reportagem, intitulada “Nova rodada de promessas”, relatou as atividades do candidato petista Patrus Ananias. Segundo disse em visita, ontem, à Vila Ventosa, região Oeste da capital, suas duas últimas semanas de campanha serão concentradas em mostrar o que Lacerda prometeu e não cumpriu.

Em reposta a pedidos da população, ele afirmou também que seu plano de governo vai ser focado no transporte e na questão da violência contra a mulher. Patrus pretende, caso seja eleito, retomar o programa de quando foi prefeito (1993-1996) que fornecia abrigo às vítimas de agressão dentro de casa.

No mesmo dia, o partido de Patrus começou a distribuir panfletos com comentários de Lacerda a respeito do transporte público e programas sociais como o restaurante popular e o Bolsa-Família. Lacerda disse que os ônibus passam lotados porque quem os usa não tem paciência de esperar um mais vazio. E chamou o Bolsa-Família de esmola “uma ajudazinha em dinheiro”.

Na internet, as mesmas matérias foram publicadas, ganhando destaque na seção “Eleições 2012”.

Em análise do jornal Hoje em Dia alguns parâmetros podem ser observados.

A capa da versão impressa não trouxe nenhuma chamada relacionada aos candidatos à prefeitura de Belo Horizonte.

Na página 4 do 1º Caderno, há três notinhas sobre o encontro de Marcio Lacerda (PSB) com representantes dos centros de formação de condutores. Na ocasião, o público presente foi muito abaixo do esperado, e integrantes da campanha e apoiadores do prefeito à reeleição se juntaram os convidados. Em seu discurso, Lacerda afirmou que é preciso convencer possíveis eleitores a saírem de casa para votar, mesmo com chuva.

Outra nota na mesma página reporta denúncia que a coligação “Para BH seguir em Frente” fez a um comercial de Patrus Ananias (PT), seu principal opositor, que vai contra a lei eleitoral que proíbe o uso de montagens nos materiais de campanha.

Na página 5, a matéria “Na reta final, candidatos se preparam para ataques” conta que, a menos de duas semanas das eleições, Patrus pretende evidenciar o que Marcio Lacerda deixou de fazer por Belo Horizonte em sua gestão, como o uso de transporte público nos horários de pico e a fila de espera por cirurgias eletivas, conforme panfleto divulgado ontem. Enquanto isso, Lacerda afirma que está se preparando para enfrentar críticas do opositor. Ilustrando a matéria há uma foto de Lacerda com representantes dos centros de formação de condutores, e uma de Patrus em caminhada na Vila Ventosa.

Outra matéria na página 5 informa que os principais candidatos à prefeitura de Belo Horizonte pretendem reforçar a segurança pública. Se eleito, Patrus dará prioridade à reabertura das delegacias de Proteção à Mulher do Barreiro e de Venda Nova, assim como à criação de casas especializadas em acolher mulheres vítimas de violência. Marcio Lacerda pretende criar uma central de operações para integrar segurança com outros setores administrados pela Prefeitura.

No Jornal O Tempo a abordagem é outra.

Na capa do jornal não há nenhuma chamada para matérias relacionadas as eleições de Belo Horizonte.

Na página 4 há uma matéria que ocupa toda a página que fala sobre as estratégias escolhidas pelos candidatos à prefeitura nessa reta final de campanha. O candidato do PT, Patrus Ananias, distribuiu pela cidade panfletos que tinham o intuito de mostrar gafes do outro candidato, Marcio Lacerda. Em resposta, o atual prefeito teria afirmado não querer baixar o nível de sua campanha. Outra estratégia petista foi lançar dois novos jingles e inovar a propaganda eleitoral na televisão expondo promessas feitas e não cumpridas pelo atual prefeito de Belo Horizonte.

Duas retrancas foram feitas na matéria: “Lacerda promete diálogo direto”, em que o atual prefeito afirma que é importante estar próximo de todas as representações da sociedade e “Patrus visa proteção à mulher”, em que o candidato afirma que se eleito irá criar a Secretaria Municipal da Mulher e reabrir delegacias na cidade. Duas falas dos candidatos foram destacadas da matéria. “Em uma reta final de campanha tudo pode acontecer. A baixaria pode aumentar, mas não vai aumentar da nossa parte (…)” Márcio Lacerda. “Queremos fazer e faremos uma campanha sem violência. Estamos apresentando nossas prioridades e propostas, nossos compromissos”, Patrus Ananias.

Na página 5 existe uma matéria afirmando que próximo prefeito terá oposição na Câmara Municipal devido ao racha na campanha de Lacerda, que divide os vereadores em dois blocos.

Na versão online não há nenhuma matéria diferente da impressa.

Autora: Raissa Yelena

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s