Candidatos acirram a disputa pela posse na prefeitura de BH

Por Luisa Faria

 

O Tempo 

– Jornal impresso e Portal O Tempo Online

Candidato do PPL à prefeitura de BH, Tadeu Martins deu entrevista ao Portal O Tempo Online, apontando as suas propostas. Ele enfatizou que para melhorar a mobilidade, a solução é a ampliação do metrô, e atacou o atual prefeito, Márcio Lacerda (PSB), de investir nas BRT’s porque são as empresas de transporte são as grandes financiadoras das campanhas.

Na versão impressa, o jornal deixa clara a linha editorial de centro esquerda ao noticiar as maratonas dos candidatos a prefeito de BH, Márcio Lacerda e Patrus Ananias (PT), pelas nove regionais da capital. São usados termos como “megacaravana” e “vigilância contra ataques”, ao se referir à campanha do socialista. O veículo da destaque para as falas de Patrus que atacavam o adversário do PSB, como por exemplo, com relação à saúde: “Esta região (Barreiro) reflete o gravíssimo problema que a cidade vive e que traduz a omissão da prefeitura que é o problema da saúde”, disse. 

Com relação aos demais candidatos a prefeito da capital, não houve notícias, apenas a pesquisa da Datafolha que aponta que Marcio Lacerda (PSB) teve 46,1% e Patrus Ananinas 30,3%. A candidata  Maria da Consolação (PSOL) 1%, seguida por Vanessa Portugal (PSTU) e Alfredo Flister (PHS) com 0,8%. Pepê (PCO) tem 0,2% da intenções e Tadeu Martins (PPL) não pontuou. A pesquisa foi realizada entre os dias 25 e 26, e a margem de erro é de três ponto para mais ou menos.

Imagem

Hoje em Dia

– Jornal impresso e Portal 

O jornal da destaque à reunião, na Fundação João Pinheiro, que aconteceu nesta sexta-feira, de cinco candidatos que tentam assumir a prefeitura da capital. Marcio Lacerda foi alvo de ataques de concorrentes, como Patrus Ananias (PT), Tadeu Martins (PPL), Vanessa Portugal (PSTU) e Maria da Consolação (PSOL). O jornal também apresenta o assunto controverso ao destacar a acusação de Tadeu Martins à Lacerda, de que a prefeitura teve envolvimento com a empresa Delta, a qual pertence ao bicheiro Carlinhos Cachoeira. O socialista pediu direito de resposta à organização do debate para se explicar. Além disso o prefeito questionou o formato do debate e a agressividade dos concorrentes. Mas será sido agressividade mesmo? Ou será que os demais candidatos só colocaram Marcio numa saia justa?

Também através de um box, o jornal preferiu explicar porque somente quatro, dos sete candidatos a prefeito da cidade, vão poder participar do debate político na Record Minas esta semana – Vanessa Portugal (PSTU), Pepê (PCO) e Tadeu Martins (PPL) ainda não foram confirmados. O motivo é que as organizações do debate adotam o critério da representatividade na Câmara dos Deputados para convidar os candidatos. O partido dos três não possuem parlamentares. Agora eu me pergunto: será isso democrático? Não é mais um jogo de interesses em plena última semana antes das eleições? 

A pesquisa da Datafolha, divulgada nessa sexta, também teve espaço no jornal dessa edição, para mostrar que Marcio Lacerda (PSB) lidera com 46,1% e Patrus Ananias (PT) aparece com 30,3%. Isso demonstra que o atual prefeito avança seis pontos percentuais ante pesquisa anterior e petista cresce quatro pontos percentuais no levantamento. A candidata Vanessa Portugal (PSTU) obteve 3%, Maria da Consolação (PSOL) e Alfredo Flister (PHS), 1% cada um. Tadeu Martins (PPL) e Pepê (PCO) não atingiram 1%. De acordo com a legislação eleitoral, o levantamento foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG).

Por fim, o veículo não apresenta as participações das candidatas mulheres na reunião: Vanessa Portugal (PSTU) e Maria da Consolação (PSOL), mas ainda coloca em evidência tanto as propostas de Marcio e Patrus, quanto a acusação do senador mineiro, Aécio Neves (PSDB), ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, de agir como “líder de facção” ao “defender os réus do mensalão e atacar a oposição”.

 

Estado de Minas

– Jornal impresso e Portal Uai

O jornal noticia as maratonas dos candidatos a prefeito de BH, Marcio Lacerda (PSB) e Patrus Ananias (PT), pelas nove regionais da capital. Diferentemente do jornal O Tempo, o veículo não da destaque para as falas de Patrus que atacavam o adversário do PSB; por um motivo óbvio: o jornal é de centro direita e não quer chamar atenção para os pontos negativos do atual prefeito. Com relação aos demais candidatos a prefeito da capital, não houve notícias, apenas que eles têm atingido entre dois e três pontos percentuais. Uma estratégia para minimizar a participação dessas figuras no cenário político. 

Contudo, é divulgado, apenas por interesses políticos, que vão participam, na próxima semana, de um debate na TV Alterosa e Grupo Diários Associados (DA), Marcio Lacerda (PSB), Patrus Ananias (PT), Maria da Consolação (PSOL) e Alfredo Flister (PHS). Isso porque o DA é do mesmo grupo do Estado de Minas.

 

Portal G1

Foi dada apenas a pesquisa da Datafolha, divulgada nessa sexta-feira, de que Marcio Lacerda (PSB) lidera nas prévias eleitorais, com 45% dos votos e Patru Ananias (PT), segue em segundo lugar com 32% dos votos. Vanessa Portugal (PSTU) 3%, Maria da Consolação (PSOL) e Alfredo Flister (PHS) 1% e Tadeu Martins (PPL) e Pepê (PCO) não pontuaram. Votos brancos/nulos/nenhum 9% e indecisos 8%. Porcentagem um pouco diferente da divulgada nos jornais O Tempo e Hoje em Dia.

Imagem

Super Notícia

Em uma página, o jornal divulgou entrevista, dessa sexta-feira, do candidato do PPL à prefeitura de BH, Tadeu Martins ao Portal “O Tempo Online”, apontando as suas propostas. Com relação aos demais candidatos a prefeito da capital, não houve notícias. 

O tabloide também, assim como outros veículos, deu destaque à acusação do senador mineiro, Aécio Neves (PSDB) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de agir como “líder de facção”, e à cassação do candidato do PT, a prefeito de Esmeraldas, Glacialdo Ferreira e do seu vice, João da Costa (PP), pela venda de votos. 

 

O Globo

– Portal

Jornal faz matéria dizendo que, em BH, petistas negam que “Mensalão” prejudique Patrus. Isso é devido às críticas, dessa sexta-feira, do aliado deputado Newton Cardoso (PMDB-MG), que, em entrevista ao veículo, reclamou que o “impacto do julgamento do mensalão está enterrando não só a candidatura de Patrus Ananias, em Belo Horizonte, mas levando junto candidatos a vereadores do PMDB”. Em resposta, o ex-líder do PT na Câmara, deputado Paulo Teixeira (SP) ressaltou que candidaturas do PT estão reagindo em Fortaleza e Salvador, e que Patrus sofre o impacto, mas, mesmo assim, está bem posicionado frente à candidatura de Marcio Lacerda (PSB). “Newton Cardoso deveria desligar a TV e ir fazer campanha”, diz Paulo Teixeira.

Com relação aos demais candidatos a prefeito da capital mineira, não houve notícias. 

Folha de São Paulo 

Folha Online

O jornal deu destaque apenas à acusação do senador mineiro, Aécio Neves (PSDB) ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de agir como “líder de facção” ao “defender os réus do mensalão e atacar a oposição”. Com relação aos demais candidatos a prefeito da capital mineira, não houve notícias.

 

Obs: Essa postagem muito provavelmente será atualizada no dia 30/09, por motivo de falhas na conexão da internet, e não no dia 29/09, como pretendia fazer.  

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s