Jornais de quarta-feira priorizam dia importante de decisão no Supremo

Por Enrico Bruno

Nesta quarta-feira, quatro dias antes das eleições municipais, os principais jornais de Minas e outros mais importantes veículos do Brasil se preocuparam em destacar a quarta-feira de julgamentos no caso do mensalão e, no que diz respeito à eleição em Belo Horizonte, a visita de Dilma Rousseff à Belo Horizonte, onde participaria de um comício com o candidato a prefeito, Patrus Ananias.

Com uma publicação semelhante durante os dias que antecedem a eleição, o ESTADO DE MINAS permaneceu oferecendo poucos espaços para a política em sua capa. Assuntos de cidade, economia, saúde e a partida entre Brasil e Argentina foram publicados na parte principal do veículo. O debate realizado com os candidatos à prefeitura de BH recebeu apenas uma pequena coluna no canto direito da página. A foto do encontro foi, proporcionalmente, bem superior à nota para a notícia. A segunda e última chamada política na capa do jornal aponta a liderança do candidato Osmando Pereira (PSDB) em pesquisa realizada pelo Instituto MDA em parceria com o EM, sobre a eleição em Itaúna.

O jornal “O GLOBO”, assim como o principal jornal do país, a FOLHA DE SÃO PAULO, reservou mais espaço para a eleição de São Paulo, e a disputa entre Serra e Russomanno, além da quarta-feira importante do julgamento do mensalão.

Diferente do dia anterior, o Jornal O TEMPO reservou um espaço bem pequeno na capa do jornal para as eleições de Belo Horizonte. Assuntos variados, culturais, e atrações na capital ganharam maior destaque. A chamada para a visita de Dilma à Belo Horizonte foi resumida em 5 linhas apenas. Já a editoria de política, na página 6, foi composta pelo reforço da presidenta à campanha do PT, o que aconteceria no comício de Patrus Ananias na região do Barreiro, durante a tarde. Na nova pesquisa divulgada pelo IBOPE, a notícia do jornal levou o título “Distância cai de 17 para 9 pontos”.

Sobre o debate da última terça-feira, promovido pela TV Alterosa, o jornal divulgou a tranquilidade com que ocorreu o evento, com exceção apenas por conta de Alfredo Flister, que fez ataques diretos à gestão de Patrus. Este, interrogou Marcio Lacerda sobre a situação da saúde na capital mineira, enquanto Marcio questionou o adversário sobre a Escola Plural, criada na administração de Patrus e que tem sido alvo de críticas.

O Jornal HOJE EM DIA foi outro veículo que ofereceu destaque para o julgamento do mensalão. A decisão do Supremo sobre as condenações de José Dirceu e Marcos Valério receberam maior espaço na página principal do veículo. Sobre as eleições de Belo Horizonte, o Hoje em Dia apenas apontou a última pesquisa realizada pelo IBOPE, em que o atual prefeito de Belo Horizonte lidera com 44% das intenções de voto, contra outros 35% do ex-ministro Patrus Ananias. A notícia, porém, não recebeu maior espaço que outras reportagens, como o interesse de jovens nas decisões políticas ou a participação da juventude nas eleições municipais.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s