Dilma rebate críticas de Aécio Neves

 

Por: Ana Luíza Perdigão;

Anna Bella Bernardes;

Caio Barroso;

Keneth Borges;

Renata Diniz

Nessa quarta-feira (03), a presidenta Dilma Rousseff (PT)  rebateu duramente as críticas feitas pelo Senador Aécio Neves (PSDB), durante o comício do candidato à prefeitura de Bh,  Patrus Ananias, na Praça da Febem, no bairro Barreiro. Além de atacar de forma concisa, mas sem citar o nome do senador Aécio Neves (PSDB), potencial adversário nas eleições presidenciais de 2014, a presidenta também teve como alvo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o candidato à reeleição à Prefeitura de BH, Marcio Lacerda (PSB).

Aécio Neves na segunda-feira, durante evento de campanha de Márcio Lacerda, afirmou que acreditava na vitória do candidato do PSB, e alegou que “a população (de BH) conhece muito melhor do que qualquer estrangeiro que vem aqui às vésperas da eleição dizer vote nesta ou naquela direção” essa declaração teria sido o motivo dos ataques da presidenta durante sua visita a Belo Horizonte.

Durante o discurso a presidenta destacou que nasceu em Belo Horizonte, e utilizou sua militância durante a ditadura como motivo de ter deixado a capital, e ainda atacou novamente o senador ao Aécio Neves, que possui uma casa no litoral do Rio de Janeiro. “Esse pessoal que diz que sou estrangeiro, eu acho eles muito estranhos, muito suspeitos. Como sou estrangeira se saí daqui porque lutava contra ditadura? Eu quando saí daqui não saí para passear. Eu não fui passear, não saí para ir à praia, para me divertir. Eu saí daqui porque fui perseguida porque aqui começou, como em todo Brasil um grande, um forte processo de perseguição. Então eu quero dizer para vocês que na minha veia corre o sangue de Minas Gerais”, declarou a presidenta.

‘           As cutucadas da presidenta ao senador ocorreram por todo o discurso, ela afirmou ainda que seus opositores pretendem “apagar com a borracha” sua certidão de nascimento e que ninguém pode “achar que é dono de Minas Gerais.”

Aécio Neves emitiu nota respondendo as críticas da presidenta, “É lamentável ver que, até hoje, a presidente Dilma precisa gastar a maior parte do seu tempo tentando convencer os mineiros de que ela é mineira de fato. Ser mineiro vai muito além da certidão de nascimento. Sou forçado a concordar com o ex-presidente Lula. Como ele já disse: ‘A gente tem uma gaúcha governando esse país’.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s