Semana pós-eleições municipais

Nessa quarta-feira os jornais da capital começam a deixar o tema das eleições de lado, após a vitória no 1º turno do candidato Marcio Lacerda do PSB. O prefeito conseguiu a reeleição com 52,69% dos votos válidos. Com a reeleição do prefeito e da escolha dos vereadores já definida, o julgamento do Mensalão tomou as manchetes dos jornais.

A manchete do Estado de Minas foi “Condenados” e abordava a condenação de Jose Dirceu, Delúbio Soares e Genoíno pelo STF no caso do Mensalão.

O jornal deu notícia sobre as demissões de petistas que trabalham na PBH, repercutindo a resposta do Partido dos Trabalhadores.

Outra matéria publicada era relacionada ao pouco índice de reeleição dos prefeitos mineiros. Dos 358 que tentaram a reeleição, apenas 169 tiveram sucesso.

O jornal “O Tempo” também aborda com mais destaque o julgamento do Mensalão, mas traz notícias sobre a disputa em Contagem e a espera de oito prefeitos eleitos no estado e que aguardam decisão da Justiça para tomarem posse.

A cobertura das eleições 2012 do Hoje em Dia ainda possui um caderno especial em sua versão virtual. A cobertura não se restringe a Minas Gerais e traz matérias sobre as eleições em São Paulo, além da disputa entre PSDB e PT pelas prefeituras do país e também sobre a maior facilidade obtida por Marcio Lacerda para bater o rival Patrus Ananias(PT) nas urnas. Em 2008 Lacerda não tinha experiência e nem contava com a máquina estatal, afirma a matéria.

Assim como nos jornais mineiros o julgamento do Mensalão tem maior destaque entre os noticiosos nacionais. As eleições ficaram para segundo plano. “O Globo” publicou matéria relativa às eleições na Venezuela de Chávez. Na matéria é exposta a forma como se procedem as eleições no país de Hugo Chávez, eleito novamente pelo povo venezuelano.

O jornal carioca aborda temas de alcance nacional e não apenas regionais como os jornais mineiros. O mesmo pode ser dito da Folha de São Paulo.

O destaque da Folha nessa quarta-feira é a decisão de neutralidade por parte do partido de Russomano, o PRB, no segundo turno das eleições para prefeito de São Paulo.
A publicação traz ainda a repercussão internacional da condenação dos petistas no caso do Mensalão.

 

Rodrigo Antunes

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s