Panorama político dos principais jornais, após as eleições 10/10/2012

A cobertura das eleições municipais, feita em Minas Gerais pelos principais jornais mineiros e outros de âmbito nacional, seguiu uma tendência mais equilabrada em comparação as eleições anteriores. O relacionamento entre a mídia e as várias corporações políticas, também ocupou-se com com uma cobertura mais isenta de apoio a um partido ou outro. Contudo, ainda é possível perceber a força do relacionamento entre o campo político e os meios de comunicação e como isso é capaz de desempenhar um fundamental papel no processo de decisão política.

Em Belo Horizonte, neste ano de 2012, logo após a divulgação dos resultados das eleições, alguns dos principais jornais mineiros passaram a divulgar incasavelmente a vitória do PSDB, assegurada pelo ex-governador de Minas Gerais. A foto do senador ao lado do reeleito prefeito Marcio Lacerda esteve estampada nas capas do jornal Estado de Minas, O tempo e Hoje em Dia.

Pouco se falou sobre o isolamento do tucano em Belo Horizonte e sua derrota expressiva em cidades do interior de Minas. Na região metropolitana, e em cidades com mais de 100 mil eleitores e menos de 200 mil, somente em Betim o candidato do PSDB não tropessou. Em cidades como Juiz de Fora, Contagem, Uberaba, Uberlândia e Montes Claros, o PSDB não foi para o segundo turno.

Parece faltar aos jornais a boa discusssão e análises sobre os porquês das decisões políticas. Tais análises acabam reservadas aos blogs de analistas econômicos ou políticos, que vezes fazem seus comentários na páginas de internet, mas ainda falta um espaço para as discussões políticas.

Não se pode negar que Márcio Lacerda se reelege em Belo Horizonte com o grande apoio de Aécio e Anastasia, já no primeiro turno. Mas, a leitura de esse cenário como previa das eleições presidenciais de 2014 é um pouco equivocada. No dia 10 de outubro do jornal Hoje em Dia destacou seguinte leitura:

Com discurso de presidenciável, o senador Aécio Neves (PSDB) criticou a postura da presidente Dilma Roussef (PT) – sua provável adversária em 2014 –, durante a campanha eleitoral. Em flerte com o PSB, maior fortalecido nessas eleições, Aécio fez questão de destacar que a reeleição de Marcio Lacerda só foi possível, em parte, graças a seu campo político. “A eleição de Belo Horizonte é emblemática, transborda os limites de Minas”, considerou.

Para dar suporte a entrevista a matéria destaca a foto de corpo inteiro do senador, sentado e descontraido, com ares de presidenciável.

Em relação aos outros jornais não se percebe posições tão direcionadas, mas também há a ausência de uma crítica das ações do Estado, que por vezes deixa transparecer uma linha editorial abertamente favorável aos tucanos. Nesse jornais há, também, uma ausência da construção de dabates sobre o comportamento político e a gestão dos atuais govenantes.

O jornal O Globo e Folha de São Paulo com mais distância dos ditames da política de Minas parecem possuir mais força para falar sobre as fraquezas polítcas do candidatos de Minas. Os jornais se ocuparam em noticiar o tenso fim da campanha em Belo Horizonte que protagonizou ataques diretos entre a presidente Dilma Rousseff e Aécio, entretanto, se obstiveram de declarar que tal embate fosse aquecimento para a disputa das eleições de 2014, como foi divulgado em Minas.

Por Judy Lima

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s